quarta-feira, 8 de maio de 2019

Gestora do Hospital Dr. Sansão Gomes repudia ataques de vereador e esclarece falsas acusações contra sua gestão

NOTA DE REPÚDIO E ESCLARECIMENTO

Venho de publico repudiar as acusações infundadas proferidas pelo vereador Carlos Tadeu, na Tribuna da Câmara de Vereadores de Tarauacá (AC), na qual acusou a direção do Hospital Dr. Sansão Gomes de praticas de perseguição a servidores, má prestação de serviços, falta de profissionais e de atendimentos. O vereador na ânsia de disparar ataques levianos chegou a afirmar que a direção do Hospital havia suspendido até a refeição dada aos acompanhantes de pacientes internados.
Além disso, o vereador tentou promover, em seu discurso, incitação e desordem ao afirmar que atual direção do hospital de Tarauacá não deveria trabalhar em conformidade com os princípios e as diretrizes do Sistema Único de Saúde (SUS), em subordinação ao Hospital Regional de Cruzeiro do Sul (AC), entre outras acusações caluniosas com intuito de denegrir e desmoralizar a atual gestão comanda pela gestora Silvania Nunes, que vem por meio de Nota esclarecer que:
1. Os atendimentos seguem dentro da normalidade e, com relação a médicos especialistas (Fonoaudiólogo e Fisioterapeuta), a direção está dialogando para se tentar ampliar e retomar os atendimentos ambulatoriais.
2. Faz-se necessário esclarecer que tais profissionais foram contratados para atenderem a demanda exclusiva hospitalar junto aos pacientes internados, e que a direção não pode ir contra a Lei Trabalhista, obrigando-os a executarem atendimentos ambulatoriais. Todavia visando a retomada e ampliação do atendimento ambulatorial, a direção vem buscando ampliar os atendimentos em consonância com o que prevê a lei.
3. É infundada e mentirosa a afirmação de que a Direção do Hospital Dr. Sansão Gomes tenha suspendido a refeição dos acompanhantes de pacientes internados.
4. Também é infundada as acusações de demissão de servidores, bem como de perseguição à categoria. Cabendo ao nobre vereador apresentar provas de tais práticas delituosas.
5. A Direção do Hospital Dr. Sansão Gomes reconhece a carência de profissionais e, para tanto, aguarda a realização de processo seletivo, pelo Governo do Estado, para contratação de mais profissionais para atender as demandas relativas às escalas de plantões.
6. Esclareço ainda que na transição de governo, o Hospital de Tarauacá foi repassado para atual gestão com sérios problemas de infraestrutura e sem estoque de comida para os pacientes. E com a solidariedade de amigos e de servidores, empenhados, conseguimos manter os serviços básicos.
7. Por fim, reiteramos junto à população de Tarauacá nosso compromisso em ofertar os atendimentos básicos e de emergência a nossa população. Agradecemos o empenho e a voluntariedade de toda equipe de servidores do Hospital Dr. Sansão Gomes pelo trabalho e dedicação na certeza de que com união iremos trabalhar para uma melhor prestação dos serviços de saúde.


Tarauacá- Acre, 08 de maio de 2019.



Silvania Nunes
Gestora do Hospital Dr. Sansão Gomes

sexta-feira, 3 de maio de 2019

Após Audiência proposta por Jesus Sérgio, INSS deve realizar plantões para dá agilidade em perícias médicas atrasadas em Tarauacá e Jordão


Em Audiência Pública, proposta pelo deputado federal Jesus Sérgio, realizada nesta quinta-feira (2 de maio), em parceria com a Câmara de Vereadores de Tarauacá, foi tratado acerca da demora na entrega do resultado das perícias do INSS, motivada pela ausência de médicos peritos para atender as demandas provenientes de avaliações e dos resultados de perícias, entre outros.

Participaram do evento, a prefeita de Tarauacá Marilete Vitorino, o vice Chico Batista, o prefeito de Jordão Élson Farias,  os vereadores Janaina Furtado, Neirimar Lima, Carlos Tadeu Lopes, Valdozinho do Ó, Diógenes Fernandes, Deise Figueiredo Secretaria Municipal de Promoção Social e os representantes do INSS: Edilson Itani Gerente INSS - AC e Rondinele Chefe Agência Tarauacá - Acre.
Após serem ouvidas as reivindicações e reclamações da população e de autoridades dos municípios de Tarauacá e Jordão, os gestores do INSS assumiram o compromisso de pedir autorização junto ao órgão para realização de plantões, a fim de dá agilidade aos serviços de análises periciais em atraso.


A população taraucaense aproveitou a oportunidade para denunciar casos em que pessoas com perca de mobilidade total tiveram seus  pedidos de aposentadorias negados, e outros casos, também, foram relatados aos gestores do INSS ocorridos devido ao fato do médico perito trabalhar contra os que necessitam de auxílios. As denuncias e reclamações foram ouvidas e serão encaminhadas para se buscar soluções entre os poderes competentes.
Jesus Sérgio destacou a importância do diálogo entre os envolvidos como meio mais rápido para solução dos problemas. O parlamentar lembrou que protocolou Ofício junto ao INSS, em Brasília,  onde relatou as dificuldades enfrentadas pela população dos municípios de Tarauacá e Jordão. 


Ele aproveitou e reivindicou a destinação de médicos peritos, permanentes, para por fim as demandas em atraso nesses municípios ou mediante a impossibilidade que o INSS enviasse a cada dois meses, por pelo menos três dias, médicos para realização de perícias. A solicitação do deputado foi concedida pelo Secretário de Previdência do Ministério da Economia, Leonardo Rolim, que determinou a realização dos atendimentos.

quinta-feira, 25 de abril de 2019

Jesus Sérgio propõe Leis para isenção do Imposto de Renda e saque do FGTS aos portadores de Diabetes

O deputado federal Jesus Sérgio (PDT) apresentou duas propostas de lei para beneficiar os portadores de Diabetes, do tipo melito ou mellitus. No Projeto de Lei (PL) Nº 2468, o parlamentar pede a isenção do imposto de renda sobre os proventos de aposentadoria.
"Essa é uma antiga reivindicação de entidades e organizações não-governamentais ligadas aos pacientes portadores de diabetes que se justifica perfeitamente, pois a doença limita a força produtiva destas pessoas, além de aumentar os gastos pessoais e familiares com tratamento", defende.
No PL Nº 2467, Jesus Sérgio pede que seja concedido à movimentação da conta vinculada do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). A proposta pede ainda a inclusão do diabetes melito entre as doenças que dão direito a inexigibilidade de prazos de carência para a concessão do auxílio-doença e da aposentadoria por invalidez e ainda ao passe livre no sistema de transporte coletivo interestadual.
"O saque antecipado dos saldos do FGTS, PIS e PASEP é outro desses benefícios e se destinam a ajudar a família do portador no custeio do tratamento, em geral oneroso”, explica.
Segundo Jesus Sérgio, as propostas têm como objetivo ainda estender aos portadores de diabetes melito a concessão de benefícios já previstos em lei para outras doenças.
“Queremos garantir ao trabalhador o atendimento de suas necessidades básicas e de seus familiares. Se aprovada, a lei irá regulamentar a liberação deste e de outros benefícios, como o saque do PIS e do PASEP para o pagamento de tratamento ou de medicamentos e equipamentos necessários para o tratamento do diabetes. Possibilitará ainda a gratuidade do transporte coletivo interestadual, bem como deixará de existir prazos de carência para concessão de auxílio-doença e aposentadoria por invalidez”, defende Jesus Sérgio.
O diabetes melito ou mellitus é uma das doenças de maior prevalência no mundo, com tendência a agravar-se com o avançar da idade. Segundo dados do Ministério da Saúde (MS), ela é responsável por 25 mil óbitos anualmente. No Brasil, 11 milhões de pessoas são portadoras da doença, ainda que somente metade delas saiba que tem a enfermidade.

segunda-feira, 15 de abril de 2019

Jesus Sérgio anuncia reunião com técnicos do MS para tratar de custeio de jovens vítimas da vacina HPV em SP

O deputado federal Jesus Sérgio (PDT/AC) anuncia a realização de reunião com os técnicos do Ministério da Saúde para acertar detalhes de custeio das adolescentes e acompanhantes que ficaram com sequelas após, possível reação, à vacina contra o HPV.
Ficou determinado que a cada 12 dias, o Hospital de São Paulo irá receber duas meninas que ficarão internadas para os exames, porém ainda falta acertar as diárias para custeio da hospedagem e alimentação das mães.
“Hoje o TFD garante apenas três diárias. Serão necessárias pelo menos 12 diárias, que é o tempo que as meninas ficarão internadas. Nesta quarta-feira estaremos reunidos novamente desta vez com os técnicos do Ministério para tentar encontrar uma forma de aumentar as diárias. Resolvido isso, iniciará o atendimento das meninas em São Paulo”, explicou Jesus Sérgio.
As jovens devem realizar o exame de vídeo encefalograma, em São Paulo (SP). Elas serão acompanhadas no Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da FMUSP,  na unidade de vídeo Eletro encefalografia - EEG, tendo como responsável o Dr. José Galluci.

Jesus Sérgio apresenta lei que amplia a abrangência das Áreas de Livre Comércio para todo o Acre


Após assumir a titularidade da Comissão de Integração Nacional, Desenvolvimento Regional e da Amazônia (CIDRA), da Câmara dos Deputados, o federal Jesus Sérgio (PDT/AC) apresentou uma proposta de Projeto de Lei (PL) que amplia a abrangência das Áreas de Livre Comércio de Cruzeiro do Sul e Brasileia para todos os municípios acreanos.

A iniciativa, segundo o parlamentar, se dá em virtude da falta de oportunidades de emprego e renda. “Muitas vezes a falta de oportunidades de renda leva as famílias a abandonar essas pequenas cidades e suas vilas, favorecendo cada vez mais atividades ilícitas como descaminho, tráfico de drogas e o domínio do crime organizado que arregimenta jovens e destrói famílias nessa região”, destaca.

Em suma, Jesus Sérgio propõe a ampliação das Áreas de Livre Comércio de Brasileia – ALCB e de Cruzeiro do Sul – ALCCS para todos os municípios do Acre, que de acordo com a Constituição Federal estão localizados dentro da Faixa de Fronteira, beneficiando os pequenos municípios que confrontam seus limites geográficos com cidades e vilarejos da Bolívia e Peru.

“A proposta é abrir novas oportunidades de renda e emprego que vão fixar brasileiros em nossas fronteiras vivendo com maior dignidade e cidadania. Diante da viabilidade econômica ligada aos benefícios concedidos às áreas de livre comércio iremos fortalecer com o nosso projeto as relações comerciais entre o Brasil, Peru e a Bolívia, desenvolver produtos para a indústria, a partir das riquezas da nossa biodiversidade, além de valorizar a atividade extrativista”, enfatizou Jesus Sérgio.






quinta-feira, 11 de abril de 2019

Na Receita Federal, Jesus Sérgio reivindica melhorias no atendimento na capital e instalação de unidade na Regional Tarauacá/Envira


O deputado federal Jesus Sérgio (PDT) esteve nesta quinta-feira (11) reunido com o subsecretário de Arrecadação, Cadastro e Atendimento, da Receita Federal, Frederico Faber, para reivindicar melhorias no atendimento prestado na unidade Rio Branco. Em uma visita a unidade, o deputado constatou a necessidade de investimentos em pessoal e equipamentos para um melhor atendimento ao cidadão acreano.

Jesus Sérgio solicitou ainda a instalação de uma unidade de atendimento da Receita Federal na cidade de Tarauacá, a fim de atender também a população da Regional Tarauacá/Envira.

“As queixas de contribuintes do Acre tem sido frequentes quanto ao atendimento prestado na Delegacia da Receita Federal em Rio Branco. A unidade funciona com equipamentos inadequados para organização do atendimento, o prédio necessita de manutenção. Além disso, o cidadão enfrenta uma morosidade no serviço, que obriga as pessoas a dedicarem horas do seu tempo de trabalho sempre que precisam encaminhar assuntos na DRF Rio Branco. Na semana passada, pude constatar in loco as dificuldades dos cidadãos que procuram esse serviço”, afirmou o deputado.

Na reunião, Jesus Sérgio ressaltou o fato da população da Regional Tarauacá/Envira (Tarauacá, Feijó e Jordão), que conta com cerca de 80 mil habitantes, precisa se deslocar até a Unidade de Cruzeiro do Sul, distante até 300 quilômetros, em busca de atendimento.



Em resposta, Frederico Faber afirmou que tomará providências gerenciais para melhorar o atendimento da unidade da Receita em Rio Branco. Em relação a instalação de uma unidade em Tarauacá, o subsecretário cogitou a possibilidade de firmar uma parceria com a Prefeitura de Tarauacá, pois a Receita pode capacitar um funcionário local para efetuar um autoatendimento ao cidadão. 

Outra opção dada pelo subsecretário é a realização de atendimentos itinerantes da Receita Federal nos municípios onde o órgão não está presente. Ele falou ainda dos canais de atendimento online como uma ferramenta a mais para quem não dispõem de tempo e mora em lugares distantes dos grandes centros.

“A Receita Federal implementou um atendimento online para a população. Temos um chat com funcionários que estão disponíveis para atender via internet. Isso pode ser um agente facilitador para aqueles que têm dificuldades de ir até uma unidade física da Receita”, informou Frederico Faber, subsecretário de Arrecadação, Cadastro e Atendimento, da Receita Federal.

quinta-feira, 4 de abril de 2019

Após reunião com MS, Jesus Sérgio anuncia realização de exames em adolescentes vítimas de vacina contra a HPV

Em resposta a situação das adolescentes que ficaram com sequelas após, possível reação, à vacina contra o HPV, o Ministro da Saúde (MS), Luiz Henrique Mandetta, respondeu oficialmente o deputado federal Jesus Sérgio (PDT/AC), nesta quinta-feira (04), das medidas adotadas, a fim de concluir os diagnósticos. O MS irá realizar nas 11 adolescentes um exame de vídeo encefalograma, em São Paulo (SP).
"Decidimos que vamos levar as meninas para o Hospital das Clínicas de São Paulo (HC/USP – SP), uma vez que identificamos um serviço que tem toda a estrutura para fazer o diagnóstico e se dispôs a apoiar esta investigação. Elas serão acompanhadas no Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da FMUSP,  na unidade de vídeo Eletro encefalografia - EEG, tendo como responsável o Dr. José Galluci", informou o ministro ao deputado Jesus Sérgio.
"Já acertamos a equipe do Dr. Galluci e ficou definido que vamos levar duas meninas por semana, uma vez que o monitoramento deste exame demora de 7 a 10 dias, sendo que elas deverão permanecer internadas neste período. O hospital tem 4 leitos para este monitoramento e diante da urgência vão disponibilizar 2 leitos para o acompanhamento destas meninas", completou Mandetta em comunicado enviado ao parlamentar.
Jesus Sérgio informa que, segundo Ofício enviado pelo MS, o Estado irá arcar com os custos de transporte e alimentação das adolescentes e dos seus respectivos acompanhantes. Enquanto que o Ministério da Saúde (MS) irá arcar com os custos dos exames por meio da Central Nacional de Regulação (CNRAG).
"Fui informado que já está em curso as tratativas, tanto com a SES/AC, SES/SP e o HC e acreditamos que na próxima semana as primeiras meninas já  serão levadas ao hospital", destaca Jesus Sérgio.
RELEMBRE: Em audiência com o Ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, realizada dia 13 de março, Jesus Sérgio aproveitou para cobrar medidas emergenciais quanto à situação das adolescentes que ficaram com sequelas após, possível reação, à vacina contra o HPV no Acre. Em resposta, Luiz Mandetta afirmou que o MS faria nas adolescentes e nas suas respectivas mães, um exame de vídeo encefalograma, a ser arcado pelo próprio Ministério, a fim de concluir o diagnóstico das jovens.
Jesus Sérgio em audiência com ministro da Saúde e  acompanhado do governador do Acre e do secretário estadual de Saude, ocorrida dia 13 de março de 2019