terça-feira, 27 de junho de 2017

Jesus Sérgio participa de Torneio Esportivo na Comunidade do Manaus, em Jordão

Acompanhado dos vereadores Tom e Meire Sérgio, o deputado Jesus participou do torneio realizado na Comunidade do Manaus, em Jordão (AC), na última sexta-feira (23). 

O evento esportivo organizado pela secretária Missara Guimarães contou ainda com atendimento do Cadastro e atualização de pessoas beneficiárias do Programa Bolsa Família, serviços de Corte de cabelos, manicure, brincadeiras para as crianças e distribuição de sacolões. 

O deputado Jesus Sérgio, parceiro do evento, esteve prestigiando as disputas e na entrega da premiação dos atletas masculinos e femininos.

"Este atendimento da Secretaria Municipal de Assistência Social, Direitos Humanos e Cidadania, nos faz buscar o que é melhor para nossa população. O lazer em áreas isoladas é algo que marca as boas causas na vida de cada um dos habitantes. O esporte integra a sociedade nestas boas causas e o atendimento ofertado integra a comunidade às políticas públicas!", ressaltou Jesus Sérgio.






















NOTA DE PESAR - JOÃO SEVERO


Foi com profundo pesar que recebemos a triste notícia do falecimento do aposentado João Felipe Martins (76 anos), ocorrido as 23h30 desta segunda-feira (27), devido a complicações cardíacas, no Hospital Santa Juliana, em Rio Branco (AC). 

João Severo, como era mais conhecido, era servidor público municipal e deixa a esposa, sete filhos, netos e bisnetos. 
O corpo será transladado a Tarauacá por volta das 18h. O velório será realizado na residência da família situada no bairro Triângulo. O sepultamento está previsto para ocorrer na quarta-feira (28).

Rogamos a Deus que conforte o coração da família e que o Senhor receba o nosso irmão em seu reino e lhe dê paz e o merecido descanso. Recebam as minhas sinceras condolências, da minha família e toda militância pedetista.

Rio Branco – Acre, 27 de junho de 2017.

Jesus Sérgio de Menezes

NOTA DE PESAR - SOCORRO DE OLIVEIRA

Venho de público externar o mais profundo pesar pelo falecimento da servidora aposentada e amiga, Maria do Socorro Oliveira Soares (56 anos), ocorrido nesta segunda-feira (26), em Goiânia (GO). Ela deixa o marido, três filhos e uma neta.
Socorro Oliveira lutava bravamente contra um câncer, mas após uma parada cardíaca devido a complicações acabou falecendo no Hospital de Urgência de Goiânia.
Neste momento de dor rogo a Deus que conforte a família enlutada e lhes conceda a paz de Cristo em vossos corações.

Rio Branco, Acre 27 de junho de 2017.
                  
Jesus Sérgio de Menezes e família      

segunda-feira, 26 de junho de 2017

BOA NOTÍCIA! Banco da Amazônia e Seaprof ofertam crédito para produtores rurais de Jordão


Desde que assumiu o mandato de deputado estadual, em 2015, Jesus Sérgio (PDT) vinha lutando para levar crédito aos produtores rurais de Jordão (AC). Os vereadores Meire (PCdoB) e Tom Sérgio (PDT) também engajados nessa luta comemoraram a boa notícia junto à comunidade rural.

Jesus Sérgio explica que uma das maiores dificuldades era quanto à elaboração de projetos, requisito indispensável para que o banco conceda as linhas de crédito: PRONAF: A, B e Mais Alimentos.

Após uma série de reuniões e parcerias com gestores públicos estaduais (SEAPROF) e o empenho do atual prefeito de Jordão, Élson Farias e do gerente do Banco da Amazônia, Moisés Evaristo de Souza Neto, foi realizado na tarde da última quinta-feira (22), no Centro de Florestania do município, uma reunião com todos os produtores rurais e assentados. O encontro serviu para explicar detalhadamente como se dará o processo de adesão ao crédito, cronograma e os requesitos necessários. 

Jesus Sérgio destaca que a realização desta antiga reivindicação da comunidade se dá graças ao esforço conjunto do Basa, Seaprof e Prefeitura de Jordão. "Quero destacar o empenho do prefeito Elson Farias que tem sido um grande parceiro ao dispor de todos os meios necessários para que a produção seja alavancada no município". 

Em sua fala, o gerente do Banco da Amazônia, Moisés Evaristo Neto, defendeu a necessidade de cada produtor rural aplicar o recurso do financiamento de forma correta. 

"O Banco da Amazônia é parceiro do Produtor e quer continuar mantendo essa via de mão dupla. O banco dá uma carência em cada programa exatamente para que o produtor tenha tempo hábil para se organizar e honrar as parcelas dentro do prazo e, assim, não perca os descontos da entidade"

Ele aproveitou para parabenizar o empenho do ex-colega de Banco e atual Deputado Estadual Jesus Sérgio, que vem incansavelmente solicitando da Superintendência a presença dos programas de financiamento nos municípios do interios do Acre, em especial os municipios de difícil acesso,  caso do Jordão.

Jesus Sérgio, agradeceu o empenho do Gerente do Basa, Moisés Evaristo Neto, que “tem esse olhar carinhoso pelo povo de Jordão e que sempre vem atendendo suas reivindicações”. Também agradeceu ao gerente da SEAPROF de Tarauacá,  Narcélio Bayma e toda sua equipe de técnicos que se deslocaram de Tarauacá a Jordão e “que estão fazendo os levantamentos e projetos de cada comunidade rural do município”. 




Técnicos da Seaprof realizam visitas aos produtores 

No período da manhã da quinta (22) foram realizadas visitas nas áreas rurais com a equipe de técnicos da Secretaria de Extensão Agroflorestal e Produção Familiar (Seaprof). O gerente da Seaprof de Tarauacá, Narcélio Bayma, esteve presente juntamente com sua equipe técnica com objetivo de contribuir diretamente para o avanço do setor produtivo de Jordão. 

Narcélio Bayma destacou a importância da união e da organização dos produtores para que possam garantir melhorias. "É fundamental que cada produtor se organize e busque financiamento para que possam crescerem e saírem da precariedade que se encontram hoje".                                                                        
O gestor do Idaf, em Jordão, Oscar Sérgio, também participou da reunião e se comprometeu em dá resolutividade as medidas necessárias, no que tange ao Instituto.



Deputado Jesus denuncia falta de enfermeiros em Jordão: "A vida humana não pode ser tratada dessa forma. O mínimo de respeito é o que exigimos do poder público com a população de Jordão”

Em agenda na Regional Tarauacá/Envira, o deputado Jesus Sérgio (PDT/AC) esteve reunido na última quinta-feira (22) com os técnicos em enfermagem que atuam em Jordão (AC). Na reunião, o deputado foi informado da necessidade urgente de contratação de profissionais em Enfermagem, Técnicos em Radiologia e Médicos.

Recentemente os técnicos de enfermagem solicitaram uma fiscalização junto ao Conselho Regional De Enfermagem do Acre (COREN) e registraram Boletim de Ocorrência (B.O) informando a suspensão dos trabalhos devido à ausência de profissionais em Enfermagem. Com isso, a unidade está dispensando atendimento daqueles que não apresentam risco de morte eminente. 

Os pacientes em estado grave precisam ser removidos para a cidade mais próxima: Rio Branco. O que acaba gerando sobrecarga de atendimento, sem contar o aumento de risco que estão expostos os pacientes com trauma e/outras doenças. Atualmente, Jordão conta somente com com dois profissionais: um do ProSaúde e outro da Sesacre.

“A situação no município é grave! Fui informado de uma série de irregularidades quanto alguns profissionais empossados recentemente, os quais sequer moram no município, sem contar outros que pediram transferência e não houve a convocação de novos profissionais. Estarei averiguando as informações e levando as denuncias ao secretário de Saúde. Isso é inadmissível! A vida humana não pode ser tratada dessa forma. O mínimo de respeito é o que exigimos do poder público com a população de Jordão”, disse Jesus Sérgio.

Em posse de documentos e um relatório detalhado, Jesus Sérgio estará reunindo com o secretário da pasta para cobrar a adoção das medidas cabíveis e a urgente contratação de profissionais. O Vereador Tom Sérgio (PDT/Jordão), que também participou da agenda, encontra-se na capital para acompanhar os encaminhamentos dessa e de outras demandas do município. 


Jesus Sérgio fiscaliza o andamento das obras da BR-364

Na última semana, o deputado Jesus Sérgio (PDT/AC) percorreu mais uma vez a BR-364. Na segunda-feira (19), o parlamentar saiu de Rio Branco por via terrestre para participar da solenidade de início das obras de recuperação do trecho rumo a Tarauacá da BR-364, em Feijó (AC). 


Jesus Sérgio aproveitou para conferir de perto cada trecho, como sempre faz, e conversar com os trabalhadores que estão atuando nas frentes de trabalho e também como a população que trafega pela estrada. 

“Sai de casa, em Rio Branco, com destino à Tarauacá e todo o percurso durou 10 horas. Estava muito chuvoso, o que tornou a viagem ainda mais difícil e perigosa, especial no trecho de Sena Madureira que está tomada de buracos e sem qualquer manutenção. O DNIT precisa realizar um trabalho urgente nesses trechos mais críticos". 

"No Trecho de Sena até Manuel Urbano estão realizando serviços de terraplanagem, que está sendo bem executado. Enfrentamos alguns transtornos devido a lama, mas em breve será sanado”, salientou o deputado.

Após cumprir uma série de agendas na Regional Tarauacá/Envira, Jesus irá apresentar ao gestor do DNIT novo relatório com apontamentos e reinvindicações para o melhoramento dos trechos mais criticos. 

terça-feira, 20 de junho de 2017

Em solenidade, Jesus Sérgio diz que continuará fiscalizando e cobrando recursos para restauração da BR-364




O deputado Jesus Sérgio (PDT/AC) prestigiou na manhã desta quarta-feira (20), o início das obras de recuperação do trecho rumo a Tarauacá da BR-364, em Feijó (AC). 

Jesus Sérgio preside a Comissão de Obras Públicas e Transportes da Aleac e temcobrado do DNIT agilidade e a correta aplicação dos recursos destinados a recuperação da BR. 

Em sua fala, Jesus disse que dará continuidade ao trabalho de fiscalização e também como representante da população da Regional Tarauacá/Envira, que tem sofrido a anos com a precariedade da estrada. 

O parlamentar destacou a importância da recuperação da estrada e deixou um aviso aos gestores do DNIT: de que irá continuar cobrando a destinação de recursos para recuperação e, assim, evitar o isolamento de milhares de famílias. 

A solenidade contou com a presença do Diretor-Geral do DNIT, Valter Silveira, o Coordenador-Geral de Restauração e Manutenção Rodoviária, Fábio Nunes, o superintende do DNIT/AC, Thiago Caetano, o senador Gladson Cameli (PP), além de lideranças municipais e estaduais. 

De acordo com informações repassadas por Thiago Caetano, a previsão é que os serviços, entre Sena Madureira e Tarauacá, sejam concluídos na primeira quinzena de setembro deste ano.




terça-feira, 13 de junho de 2017

Jesus Sérgio pede atenção do DNIT para trechos críticos da BR-364

O deputado Jesus Sérgio (PDT) voltou a cobrar atenção por parte do Departamento Nacional de Infraestrutura e Transportes (DNIT), em discurso no pequeno expediente desta terça-feira (13), na Aleac.

Sérgio reclamou o fato do DNIT ter priorizado os trechos não críticos para realização das obras de recuperação da BR-364. 

"Quero registrar aqui meu questionamento ao DNIT que deu início as obras de recuperação nos melhores trechos ao invés de priorizar os mais criticos, que estão descobertos, sem manutenção e precisam urgentemente de atenção".

Jesus disse que se o DNIT não atentar para os trechos criticos, os recursos vão acabar e as obras de recuperação sequer serão concluídas nos trechos anunciados.

sexta-feira, 9 de junho de 2017

Recursos para o trecho Tarauacá-Cruzeiro do Sul não existem

BLOG DO CRICA - Depois de ouvir uma mensagem gravada pelo Diretor do DNIT, Tiago Caetano, o deputado Jesus Sérgio (PDT) se convenceu de que, não existem recursos alocados para a recuperação da rodovia 364 entre Tarauacá e Cruzeiro do Sul. As obras, que começarão no próximo dia 12, estarão restritas aos trechos críticos entre Sena Madureira e Tarauacá.
Desolado, o deputado Jesus Sérgio recebeu a informação que os trechos problemáticos entre Tarauacá e Cruzeiro do Sul receberão um trabalho paliativo com barro. “Eu temo que durante o inverno esta parte da rodovia acabe fechando”, previu Jesus (PDT).
Para este parlamentar, se um esforço da bancada federal não for feito de forma urgente para conseguir verbas para toda a extensão da BR-364, o seu tráfego poderá sofrer interrupção. Uma pena! Com a crise econômica e política que atravessa o país, dificilmente, conseguirão arrancar mais dinheiro para o DNIT que o previsto. E quem pagará o pato, se o isolamento ocorrer, serão os moradores do Vale do Juruá.
Entrou numa fria - Acho que o DNIT entrou numa tremenda fria ao assumir a obra, porque tirou uma pauta negativa que estava há anos no colo do governo, que passará de vidraça à baladeira.

Escrito por Luis Carlos Moreira Jorge, do AC24horas

Deputado Jesus Sérgio diz que recursos para BR-364 contemplam apenas trecho de Sena Madureira a Tarauacá

O deputado Jesus Sérgio (PDT) disse durante o Pequeno Expediente da sessão desta quinta-feira (8) que em conversa com o superintendente do Dnit no Acre, Thiago Caetano, foi informado que os recursos para a reconstrução da BR-364 não foram liberados na sua totalidade. Dos R$ 230 milhões, apenas se tem em caixa uma média de R$ 115 milhões, que será utilizado para a recuperação do trecho mais crítico, entre Sena Madureira e Tarauacá.

“Entrei em contato com o superintendente do Dnit e ele me enviou um áudio confirmando que o recurso que tem só dá para reconstruir de Tarauacá a Sena Madureira. Eles priorizaram este trecho que é pior. Mas garantiu que será feito pelo menos um paliativo de Tarauacá ao Rio Liberdade. Ele precisa de R$ 230 milhões para recuperar toda a estrada, mas veio entre R$ 115 a R$ 120 milhões”, disse o deputado ao relatar a conversa com o gestor.

O pedetista pediu o empenho da bancada federal do Acre em Brasília na busca de recursos a serem alocados para a recuperação da rodovia que liga Rio Branco ao Vale do Juruá. “Estaremos aqui cobrando os nossos deputados federais para que busquem recursos. Fica o nosso pedido à nossa bancada federal, que venham esses recursos”, pontua.

Jesus Sérgio abordou também em seu discurso o Programa Ruas do Povo, executado pelo Depasa. Ele frisou que as obras foram entregues, mas com péssima qualidade. “Em municípios como Tarauacá, que foi beneficiado pelo Ruas do Povo, o serviço não foi bem feito e a população cobra da gente. E nós cobramos do governo. O serviço não foi feito com qualidade”, aponta o deputado tarauacaense.

José Pinheiro, da Agência Aleac

“Como parlamentar me sinto na obrigação de fiscalizar as obras da BR 364 de perto”, diz Deputado Jesus Sérgio

Em pronunciamento na sessão desta quarta-feira (7) o deputado Jesus Sérgio (PDT) voltou a falar sobre o início das obras de recuperação da BR-364, que serão realizadas pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT). 

O pedetista cobrou do órgão que as obras sejam executadas de acordo com o que foi acordado com as empresas vencedoras da licitação.

“No final do ano passado o Dnit divulgou que as obras seriam divididas em cinco trechos, começando por Sena Madureira até o Rio Liberdade. Quando o superintendente do Dnit concedeu entrevista dizendo que apenas duas frentes de trabalhos executariam o serviço, muita gente ficou preocupada. O que queremos é que seja feito exatamente o que ficou acordado com as empresas que venceram a licitação. Queremos que as empresas atuem nos cinco lotes, aqueles que foram divididos em 2016. Ou órgão alterou o planejamento? Acredito que não”, afirmou.

Jesus Sérgio seguiu afirmando que fiscalizará de perto as obras da rodovia. “Sou leigo, não tenho conhecimento técnico, mas como parlamentar me sinto na obrigação de fiscalizar essa obra de perto. O Dnit deve colocar um gerente de trabalho para também acompanhar toda a execução da obra de perto, essa estrada é muito importante para a população acreana. Essa estrada tem que ser concluída com muita responsabilidade”, finalizou.


Mircléia Magalhães, da Agência Aleac

Deputado Jesus Sérgio diz que manutenção da BR-364 precisa ser feita com responsabilidade

O deputado Jesus Sérgio (PDT) comentou na sessão desta terça-feira (6) o anúncio feito pelo superintendente do Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), Thiago Caetano, no último domingo (4), sobre o início das obras de restauração e manutenção da BR-364. 

De acordo com o órgão, as obras terão início no dia 12 de junho, no trecho entre Sena Madureira e Manoel Urbano. Depois avançará rumo ao município de Feijó, cumprindo assim a programação do Governo Federal para execução dos serviços no início do verão amazônico.

Ainda de acordo com o anúncio, uma segunda frente de trabalho terá início no dia 19 de junho, sentido Tarauacá/Feijó, seguindo em direção ao município de Manoel Urbano. Para o deputado, os responsáveis pela empresa supervisora, que fará o acompanhamento, fiscalização e supervisão das obras, devem acompanhar de perto todo o processo de manutenção e restauração da rodovia, do começo ao fim da execução da obra.

“O superintendente do Dnit afirmou que a fiscalização será feita apenas no início das obras e isso não está certo. Considero fundamental acompanhar a execução da obra de perto durante todo o trabalho de restauração, e não apenas no início. É importante que durante todo o processo de manutenção da estrada todos os técnicos responsáveis pelo controle tecnológico também estejam no local. Já gastamos muito dinheiro com essa rodovia, não podemos mais permitir que o trabalho seja mal feito, temos que garantir à população um trabalho de qualidade na BR-364”, disse.

Jesus Sérgio falou ainda da importância de se fazer um serviço de qualidade. “Trouxe aqui um pedaço de pedra que é usada para fazer a base da estrada. O problema é que essa base de não é feita em todos os trechos da rodovia, e isso é preocupante. Não sou fiscal, mas, mas entendo o quanto é importante fazer uma base de cimento. O serviço precisa ser bem feito, caso contrário nunca teremos essa estrada em boas condições”, afirmou.

O pedetista afirmou que também irá fiscalizar de perto as obras de recuperação da rodovia. “Sei que este debate já está ficando cansativo, mas é importante trazer esse assunto para esta casa. Não podemos permitir que aconteça o que já ocorreu nos anos anteriores, essa estrada tem que sair. Eu vou cumprir com o meu papel, como fiscalizador do povo irei acompanhar de perto todo o processo de restauração dessa estrada. Esse é o meu papel como parlamentar”, enfatizou.

Mircléia Magalhães, da Agência Aleac

Deputado Jesus Sérgio diz que secretários não se preocupam em responder requerimentos

Após ter anunciado que iria entrar com uma denúncia no Ministério Público Estadual contra o Depasa por crime de responsabilidade, o deputado Jesus Sérgio (PDT) informou na sessão desta quarta-feira (31) que o Depasa respondeu um dos pedidos de informação que ele fez em 2016, sobre as obras do Programa Ruas do Povo executadas no Estado.

“O gestor do Depasa, o senhor Edvaldo Magalhães, resolveu atender ontem um dos pedidos de informação que fiz ano passado acerca do Programa Ruas do Povo. Ele resolveu se manifestar depois que eu anunciei nesta tribuna que iria denunciar o órgão no Ministério Público por crime de responsabilidade. Essa é mais uma prova do descaso que os secretários de Estado têm com esta casa. Eles nem sequer se preocupam em responder nossos requerimentos”, disse.

O pedetista voltou a falar da péssima qualidade das obras do Programa Ruas do Povo no interior. 

“Quando eu falo nesta tribuna que o negócio está feio é porque está. Você vai conversar com a empresa e ela diz que não recebeu para fazer o serviço. Vai com o Depasa e o órgão diz que a empresa não executou os serviços, se instalando um jogo de empurra-empurra. Isso precisa acabar, quem paga o pato é população”, enfatizou.

Jesus Sérgio ressalta que Edvaldo Magalhães encaminhou a cópia do contrato com a empresa que construiu a Avenida Copacabana, em Tarauacá. “Se não respondeu o requerimento conforme o pedido, ainda vou analisar. Caso não tenha respondido a contento, vou cobrar novamente”, finaliza.

Fonte: Agência Aleac

Deputado exibe pedra para provar a má qualidade de material utilizado na BR-364

“Nossa preocupação é garantir a recuperação da BR-364", disse o parlamentar

JORGE NATAL, CONTILNET - Para justificar que o material empregado na construção da BR-364 era de má qualidade, o deputado estadual Jesus Sérgio (PDT) exibiu na manhã desta terça-feira (6), na Assembleia Legislativa, uma pedra retirada das margens da rodovia.

O parlamentar, que é da base do governo, quis alertar o Departamento Nacional de Infraestrutura Terrestre (DNIT) sobre a necessidade de uma fiscalização permanente nas obras de recuperação da BR-364.

“Nossa preocupação é garantir a recuperação da BR-364, que hoje se encontra quase intrafegável. Precisa-se verificar a qualidade do material e a forma de como serão executados os trabalhos”, enfatizou.

Ele também falou da obra emergencial que foi realizada no ano passado em alguns quilômetros depois de Tarauacá, onde foram colocadas pedras e depois o asfalto, sendo que hoje ainda é o melhor trecho. 

“Fica aqui o meu pedido ao DNIT, que fiscalize aquela obra para que a mesma não se acabe como as outras”, destacou Jesus Sérgio.

Jesus Sérgio Propõem Projeto de Lei que visa impedir apreensão de veículos com IPVA atrasado no Acre

Por Iryá Rodrigues, G1 AC - Um projeto de lei apresentado na sessão da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac) desta quarta-feira (31) prevê o impedimento do recolhimento, retenção e apreensão do veículo com o IPVA atrasado. A proposta deve seguir para votação na Casa e em seguida, caso aprovada, vai para sansão do governo.

Autor do projeto, o deputado estadual Jesus Sérgio (PDT), explicou que a proposta é beneficiar as pessoas que precisam dos veículos para trabalhar. Segundo ele, a ideia de apresentar o projeto surgiu após vários motoristas reclamarem sobre os casos de apreensão e até de veículos que vão para leilão em um prazo de seis meses apreendido.

“Tenho recebido muitas reclamações sobre a questão da quantidade de apreensão que existe de veículos. Às vezes é o único meio de transporte da pessoa, e até único meio de trabalho e o governo apreende, tira as condições do motorista poder pagar o veículo e com pouco tempo já leiloa. Então, trabalhamos esse projeto que vai proibir o recolhimento, retenção e apreensão do veículo com IPVA atrasado”, explicou ao G1.

Ainda segundo o deputado, o projeto não prejudica as contas do estado. “O estado tem outros meios de cobrar impostos. Se a pessoa atrasa o IPTU, a prefeitura não vai fechar a casa dela, então, o carro também é um patrimônio, e o governo não pode tomar posse de um patrimônio da pessoa. Essa é a justificativa do projeto”, afirmou.

Conforme o projeto, o estado deve “dispor de meios coercitivos próprios e legítimos para cobrança dos tributos, como é o caso da inscrição em dívida ativa e execução fiscal”.