quarta-feira, 20 de setembro de 2017

Deputado Jesus Sérgio defende presença do superintendente do Dnit na Aleac para falar sobre obras da BR-364

O deputado Jesus Sérgio (PDT) falou durante a sessão desta terça-feira (19) sobre o requerimento que ele apresentou solicitando a presença do superintendente do Dnit, Thiago Caetano, para prestar esclarecimentos acerca das obras da BR-364. O parlamentar afirmou que espera receber o gestor ainda esta semana no Poder Legislativo.

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), atual responsável pelas obras de recuperação da BR-364, tem sido alvo de constantes questionamentos por parte de parlamentares oposicionistas e de situação. Os legisladores pedem que o superintendente da instituição, Thiago Caetano, compareça a Assembleia Legislativa e esclareça questões referentes ao atraso na entrega da obra.

“Os parlamentares já assinaram o documento solicitando a vinda do superintendente. Com a aprovação espero que ainda esta semana ele venha a Aleac prestar esclarecimentos acerca das obras na BR-364. A preocupação com essa estrada é de toda a população, ainda estão quebrando a base da BR e colocando barro. O Thiago precisa vir aqui urgente esclarecer algumas ações que estão sendo realizadas. Nós não temos medo de chamá-lo, queremos saber o que ele tem a dizer”, afirmou o parlamentar.

quarta-feira, 13 de setembro de 2017

Temendo o fechamento da BR- 364 , Jesus Sérgio pede mais frentes de trabalho e promete acionar aviões da Força Aérea para enviar gêneros de 1ª necessidade

"Se fechar pedirei o envio dos aviões búfalos da FAB para enviar gêneros alimentícios 
para Tarauacá e Feijó"


O deputado Jesus Sérgio usou a tribuna da Aleac, na manhã desta quarta-feira (13), para criticar os trabalhos executados pelo Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) na BR-364 e afirmar que a rodovia poderá fechar e isolar os municípios da Regional Tarauacá/Envira.

Jesus Sérgio tem percorrido a BR-364 e nesta quarta-feira, 13, reuniu informações, imagens e vídeos que revelam a situação caótica da estrada que liga a Regional Tarauacá à capital acreana e o resto do Brasil. 

Indignado, com a forma que a empresa contratada pelo DNIT está trabalhado, ele questionou os motivos da empreiteira ter iniciado as obras pelo trecho que oferecia tráfego e deixado os trechos com os maiores atoleiros para trabalhar depois.“os piores trechos estão do Jurupari a Massipiria, de Feijó a Tarauacá e Tarauacá a Liberdade”.

Jesus Sérgio sugere que diante do possível fechamento da BR, os aviões búfalos da FAB sejam solicitados para levar alimento para Tarauacá e Feijó. 

“Se a BR fechar, a passagem vai custar R$ 800 e a cada quilo de excesso será cobrado R$ 4. Portanto, fica aqui minha manifestação pedindo que o DNIT coloque mais frente de trabalho, não só para jogar barro, mas fazer um trabalho conclusivo”, finaliza.

Para dar celeridade a sua fala, Jesus Sérgio apresentou ainda nas primeiras horas da manhã desta terça-feira, 13, um Requerimento (Nº 197/2017) solicitando - em caráter de urgência - três frentes de trabalho, a fim de evitar o isolamento total dos municípios.
As frentes de trabalho devem operar nos trechos entre Jurupari ao Massipira, Tarauacá a Feijó, Tarauacá ao Rio Liberdade. 























video video


Assessoria com informações do ac24horas

quarta-feira, 6 de setembro de 2017

Deputado Jesus Sérgio cobra governo em relação a isolamento de comunidade no Jordão

O deputado Jesus Sérgio (PDT) falou durante a sessão desta quarta-feira (6) sobre o abandono em que vivem moradores de uma comunidade que fica localizada no Alto Rio Muru, no Jordão. O parlamentar falou ainda sobre as dificuldades enfrentadas pelos comerciantes do município, que tem a gasolina mais cara do país.

De acordo com Jesus Sérgio, os moradores da comunidade passam por vários problemas relacionados a saúde pública e educação. Disse ainda que o governo não tem feito nenhum benefício na localidade e isso tem resultado num isolamento das pessoas que ali vivem.

“Em reunião com a população, vimos a necessidade que eles têm com relação a saúde e educação. São mais de cem famílias que vivem de forma isolada, sem qualquer meio de comunicação ou intervenção do governo, e nós precisamos fazer alguma coisa para melhorar a vida deles. O Estado precisa se fazer presente, não adianta ter várias secretarias e não alcançar a população que mais precisa”, afirmou.

No tempo destinado ao Grande Expediente, o parlamentar discorreu sobre a BR-364, e como a vida das pessoas, em especial dos comerciantes, tem sido afetada devido à péssima trafegabilidade da rodovia. De acordo com ele, no Jordão o litro da gasolina chega a custar R$ 8,00 e algumas vezes até R$ 10.

“Fiz questão de percorrer todo o comércio para saber como a mercadoria chega lá e todos dependem da BR-364. O litro de gasolina no Jordão chega a R$ 10, isso quando tem, devido a todas as dificuldades enfrentadas para o transporte desse produto. As demais mercadorias chegam a valores altíssimos se comparadas ao que é vendido na capital. Algo deve ser feito para que essa estrada não feche, ou as pessoas de municípios mais distantes serão duramente penalizadas devido ao isolamento em que ficarão”, argumentou.

quarta-feira, 30 de agosto de 2017

“A ordem dada aos bandidos em Tarauacá é para assaltar e atirar”, denuncia Jesus Sérgio

Ray Melo, do ac24horas  - Apesar de acreditar que armar as pessoas não é a solução para onda de violência no Acre, o deputado Jesus Sérgio (PDT) fez uma denúncia grave na manhã desta quarta-feira (30) na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac). De acordo com o parlamentar “a ordem dada aos bandidos em Tarauacá é para assaltar e atirar”

Essa ideia de armar a população é do Bolsonaro. Acredito que isso não resolve a situação do país. Em Tarauacá, a situação é grave. A ordem dada aos bandidos em Tarauacá é para assaltar e atirar. Lá estão atirando nas pessoas. As informações que a ordem partiu dos grupos criminosos”, diz Jesus Sérgio.

Segundo ele, uma “menina que comandou o assalto que terminou com uma atendente levando um tiro de escopeta, mesmo sem reagir, foi a mesma que tinha queimado um ônibus há 15 dias, ou seja, ela queimou um ônibus e depois de 15 dias invadiu um comércio e assaltou e atirou em uma pessoa”.

Jesus Sérgio informa que, “até hoje o processo não chegou na Justiça. Por que não se reúne MP, polícia e Secretaria de Segurança para treinar os servidores. Eu acredito que as leis só têm que ser cumpridas. Um juiz não vai sair do fórum para procurar os processos. O processo tem que ser encaminhado”, enfatiza.

O parlamentar criticou o promotor de Justiça do município. “O promotor que está em Tarauacá é muito fraco. Ele foi penalizado em Manoel Urbano e foi mandado para Tarauacá. Parece que em Tarauacá só tem que enviar o que não presta”, finaliza o deputado que faz parte da base da administração petista.

Deputado Jesus Sérgio apresenta PL sobre divulgação dos direitos das pessoas com câncer

Na sessão desta terça-feira (29), o deputado Jesus Sérgio (PDT) apresentou um projeto de lei que autoriza o Poder Executivo a divulgar os direitos das pessoas com neoplasia maligna (câncer), nos órgãos públicos do Estado. De acordo com a matéria, os órgãos públicos do Estado promoverão a divulgação em seus sítios oficiais da rede mundial de computadores, de forma clara e de fácil acesso, dos direitos das pessoas com neoplasia maligna, mediante links ou interfaces de fácil constatação e acesso.

Deverão constar na divulgação as informações sobre os seguintes direitos, garantias e benefícios: aposentadoria por invalidez; auxílio-doença; isenção de Imposto de Renda (IR) nos proventos de aposentadoria, para segurados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS); isenção de Imposto sobre Operações Relativas à Circulação de Mercadorias e sobre Prestações de Serviços de Transporte Interestadual e Intermunicipal e de Comunicação (ICMS) na aquisição de veículos automotores, quando da doença decorrer alguma deficiência nos membros superiores ou inferiores, dentre outros.

A proposta, segundo o pedetista, tem como principal objetivo promover e ampliar o livre acesso à informação de pessoas com câncer as quais, em muitos casos por desconhecerem seus direitos, deixam de receber benefícios já previstos em lei.

“O PI possibilitará, por meio da ampla divulgação, aos pacientes de câncer para que tenham acesso aos direitos relacionados à quitação de casa própria, Fundo de Garantia do Tempo de Serviço, saques do Programa de Integração Social, Programa de Formação do Patrimônio do Servidor Público, cirurgia plástica reparadora de mama, concessão de renda mensal vitalícia, dentre outros. Peço o apoio dos meus colegas parlamentares para aprovação desse PL, essa matéria é muito importante essas pessoas”, ressaltou.

BR-364 - O parlamentar demonstrou ainda preocupação com o andamento das obras da BR-364. Segundo ele, há muitas informações desencontradas sobre os serviços.

“Recebi informações de que os caminhões não estão levando as pedras devido à falta de pagamento da empresa. Já o Dnit garante que tem dinheiro em caixa e que as pedras não foram levadas devido à falta de caminhão. Sinceramente fica difícil, não sabemos em quem acreditar. Eu só digo uma coisa: se o serviço não ganhar celeridade, todo o trabalho que fizeram naquela rodovia vai se acabar de vez, e isso não pode acontecer. O povo do Juruá precisa dessa rodovia aberta”, concluiu.


Mircléia Magalhães, Agência Aleac

sexta-feira, 25 de agosto de 2017

Jesus Sérgio presta homenagem aos servidores aposentados da extinta Teleacre


Dezenas de trabalhadores aposentados que dedicaram mais de 30 anos à expansão da rede de telefonia fixa no Acre lotaram o plenário da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), na manhã desta quinta-feira (24), em Sessão Solene intitulada “Os Desbravadores das Telecomunicações no Acre”.

O deputado estadual Jesus Sérgio (PDT), autor do Requerimento, destacou a importância da homenagem e reconhecimento ao trabalho desses bravos homens que carregam consigo mais de 40 anos de história, pois vivenciaram a implantação da Teleacre, depois Brasil Telecom e atualmente Telefonia Oi.

A desembargadora do Tribunal de Justiça do Acre, Maria Cezarinete Angelim, foi uma das convidadas de honra. Antes de ingressar na magistratura, Maria Cezarinete chefiou o Departamento de Pessoal da extinta Teleacre.

Muito emocionada, Maria Cezarinete agradeceu a cada um dos homenageados e manifestou sua gratidão pelo carinho e o reconhecimento dos trabalhadores das telecomunicações do Acre.

O nome do ex-presidente da Teleacre, Juarez Quadros, também foi lembrado. Ele foi representado pela irmã Nazaré Cavaleiro. Juarez Quadros foi responsável pela implantação das novas tecnologias para o Estado do Acre, na década de 80. Atualmente ele preside a Agencia Nacional das Telecomunicações (Anatel).

José Martins de Souza, mecânico eletricista, que trabalhou mais de 30 anos para empresa é um desses trabalhadores que carregam consigo o orgulho de terem contribuído para a implantação das primeiras linhas telefônicas residências.

Carlos Lourenço foi responsável, juntamente com a sua equipe, por toda implantação da rede telefônica das cidades do interior do Acre. Em sua fala, ele recordou que ao assumir a missão, o Acre possuía apenas 5 mil linhas de telefones e ao se aposentar o número já excedia as 80 mil linhas.

Francisco Cesário, já aposentado, falou com saudosismo do tempo que realizava as cobranças de tarifas telefônicas de casa em casa. Cesário relembrou os primeiros passos na companhia telefônica quando exerceu a função de primeiro cobrador. Segundo ele, no final de cada mês ia pessoalmente à casa de cada assinante e, de acordo com o valor declarado por cada cliente, estabelecia valores a serem pagos.

Vale lembrar ainda que a Sessão Solene foi realizada na mesma data de fundação da extinta Teleacre, no dia 24 de agosto de 1972. Se ainda existisse estaria completando exatos 45 anos de fundação. O evento reuniu trabalhadores aposentados e suas famílias, ex-funcionários e gestores que integraram os quadros da Teleacre.

“Quero parabenizar todos os trabalhadores das telecomunicações que mesmo diante da precariedade de um estado ainda em sua fase de desenvolvimento inicial, entre os anos 70 e 80, com poucas ruas asfaltadas, estradas abertas sem qualquer infraestrutura, não foi impedimento para esses desbravadores”, destacou Jesus Sérgio.


terça-feira, 15 de agosto de 2017

"BR-364 poderá fechar e deixar a população do interior do Acre desabastecida", alerta Jesus Sérgio

Ray Melo, da editoria de política do ac24horas  - O deputado Jesus Sérgio (PDT) voltou a criticar os trabalhos de recuperação da BR-364 executados pelo DNIT no interior do Acre. Ele afirma que a rodovia poderá fechar em pouco mais de um mês e deixar a população do interior do Acre desabastecida de alimentos e isolados por via terrestre, caso as chuvas persistam nos trechos que os serviços de terraplanagem estão sendo executados.

“Semana passada, eu estive nessa Casa falando sobre a BR e fazendo um previsão de futuro que, quando chegasse o inverno, a forma que ela está sendo construída viraria um lamaçal. Nem precisou chegar o inverno. A forma que a BR está sendo feita, apenas com terraplanagem, sem tratamento, toda vez que chover é um risco andar pela BR-364 por causa dos acidentes”, destaca Jesus Sérgio.
Segundo o deputado, “as notícias que tive é que muitos caminhões estavam atolados na estrada porque não conseguiam trafegar. Uma chuvinha de verão não é para criar o transtorno que criou. Inclusive, com acidentes. Nós não podemos ficar aqui parados. Nós dessa casa, temos que cobrar dos nossos deputados federais e senadores, algo mais enérgico do DNIT nacional”.
Jesus Sérgio destaca que converso com diretor do DNIT local, que deu um prazo até o final do mês de agosto para que a empresa que ganhou a licitação para recuperação da BR contrate mais caminhões para carregar pedras para estrada. Imagino que precise no mínimo de 100 caminhões para fazer duas frentes de trabalho. O diretor disse que tem 50,mas eu não vi esses caminhões. Vi no máximo cinco. Se não for tomada uma atitude, a estrada vai fechar”, finaliza.